Dor em paciente oncológico?

Dentre os vários avanços da medicina, temos o do controle da dor, que hoje através do conhecimento de suas vias, nos permite atuar de vários modos. O ideal é utilizar uma escala para quantificarmos a dor e, assim, lançarmos mão de um medicamento passando de analgésico comum, ao uso combinado com anti-inflamatórios até derivados de opióides.

O uso correto, seguindo os horários determinados na receita, é que faz com que o ciclo da dor seja mais breve. Se um medicamento foi prescrito para ser tomado a cada 6 horas, é desta forma que ele deve ser ingerido para garantir sua eficácia. Há pacientes que usam o medicamento receitado em intervalos de tempo maiores do que o recomendado, e acabam sofrendo com as dores, pois o medicamento já foi eliminado do organismo. Assim como há pacientes que tomam em intervalos menores, pressupondo que fará efeito mais rápido. Esse tipo de atitude pode acabar sobrecarregando o organismo, dependendo do remédio. Então, siga as instruções do médico quanto aos horários que você deve tomar seu remédio. Desta forma, suas chances de não sofrer mais com dores e se recuperar, são maiores e mais rápidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *