procedimentos

Exenteração Pélvica e LEER

Exenteração pélvica são cirurgias de grande porte onde em função da apresentação da doença, é necessário como forma de tratamento curativo ou paliativo ressecar no mesmo ato mais de um órgão pélvico. Classificamos em anterior – bexiga e útero; posterior útero e retossigmóide, ou total bexiga, útero e retossigmóide. Com relação a musculatura pélvica, supra …

Exenteração Pélvica e LEER Leia mais »

Linfadenectomia Inguinal

Procedimento cirúrgico para retirada de linfonodo existentes na região da virilha, que fazem parte do tratamento do câncer de vulva. Novamente, o cirurgião oncológico faz toda a diferença para saber selecionar casos onde dá para fazer a técnica do linfonodo sentinela (cirurgia menos agressiva), casos onde a linfadenectomia pode ser unilateral, por exemplo, somente linfadenectomia no membro inferior …

Linfadenectomia Inguinal Leia mais »

Linfadenectomia Retroperitoneal

Linfadenectomia retroperitoneal é o procedimento cirúrgico para retirada de linfonodos existentes na região retroperitoneal e que fazem parte do tratamento de determinados cânceres ginecológicos (colo de útero, útero ou ovário). Dependendo de como esse câncer se apresenta, a técnica utilizada pode ser diferente. Linfadenectomias são cirurgias delicadas que demandam um conhecimento de anatomia e uma habilidade cirúrgica por …

Linfadenectomia Retroperitoneal Leia mais »

Linfadenectomia Pélvica

A linfadenectomia pélvica é um procedimento cirúrgico para retirada de linfonodos existentes na região pélvica e que fazem parte do tratamento de determinados tipos de câncer ginecológico (colo de útero, útero ou ovário). Pode ser feita pela via laparotômica (aberta) ou minimamente invasiva (videocirurgia através de pequenas incisões) por laparoscopia ou robótica. Consulte um cirurgião …

Linfadenectomia Pélvica Leia mais »

Conização a frio – CAF: Cirurgia de Alta Frequência

É o procedimento cirúrgico de pequeno porte onde se resseca o colo uterino em maior ou menor quantidade tecidual dependendo de cada caso, diferentemente de uma traquelectomia radical que é uma cirurgia de grande porte. Essa cirurgia é realizada na maior parte das vezes como tratamento de lesões classificadas como pré-neoplásicas ligadas a infecção pelo HPV, ou seja, …

Conização a frio – CAF: Cirurgia de Alta Frequência Leia mais »

Vacina do HPV – Papiloma Vírus Humano

A partir de 2014 o Ministério da Saúde anunciou que será distribuída no SUS de forma gratuita a vacina quadrivalente contra HPV para meninas de 09 e 14 anos, e assim que a monovalente for aprovada irá disponibilizá-la também. A vacina quadrivalente já existe na rede privada há anos e tem como foco principal pacientes meninas entre …

Vacina do HPV – Papiloma Vírus Humano Leia mais »

Cirurgia de Trompas Uterinas: Salpingectomia, Salpingostomia, Laqueadura tubária

As trompas uterinas juntamente com os ovários são conhecidas como anexos. As cirurgias em trompas uterinas podem ser feitas especificamente por alguma patologia que acomete somente unilateralmente, mas podem ser parte de uma sequência de procedimentos cirúrgicos necessários para o tratamento de uma patologia ginecológica. Assim pode-se preservar o útero e retirar parte ou toda …

Cirurgia de Trompas Uterinas: Salpingectomia, Salpingostomia, Laqueadura tubária Leia mais »

Laqueadura Tubária

Conhecida como esterilização feminina definitiva voluntária. A cirurgia mais comum realizada em trompas é a Laqueadura tubária que tem como objetivo obstruir de forma definitiva a passagem de óvulo e esperma pela trompa impedindo o seu encontro e, desta forma, evitando a gravidez. A taxa de sucesso é de 99%, ou seja, existe um risco …

Laqueadura Tubária Leia mais »

Mastopexia

Mastopexia é a cirurgia para correção da queda mamária que acontece naturalmente na maior parte das mulheres com o avançar da idade que pode estar associada ou não a um aumento do volume mamário. Esta queda mamária conhecida como Ptose tem intensidade que pode ser desde pequena ou bastante pronunciada, de modo que utilizamos de …

Mastopexia Leia mais »

Mastoplastia – Hipertrofia de Mama – Gigantomastia

Hipertrofia de mamas é o aumento desproporcional da mama em relação ao tórax da paciente. Gigantomastia ocorre quando cada mama ultrapassa 1 kg, é diferente de mamas média ou grande com queda mamária. A gigantomastia leva a um desconforto da paciente com dor nos ombros e afundamento da marca do sutiã em ombros e alterações posturais, …

Mastoplastia – Hipertrofia de Mama – Gigantomastia Leia mais »