Menopausa e o câncer

Muitas quimioterapias levam a uma menopausa mais precoce e alguns tumores têm contra-indicação formal do uso de hormonioterapia. É preciso conversar com seu oncologista sobre a possibilidade ou não de fazer uso de determinado medicamento hormonal. O médico irá levar em consideração a intensidade de suas queixas e o quanto isto está afetando a sua qualidade de vida.

A menopausa pode causar atrofia vaginal e secura. Em casos em que é possível utilizar hormônio tópico para tratar a atrofia, esse hormônio deverá ser prescrito pelo médico assistente. Na impossibilidade do uso de hormonioterapia para calorões da menopausa ou de cremes vaginais para atrofia vaginal, recomenda-se o uso de hidratante vaginal diário à noite. Já no ato sexual, tanto o homem quanto a mulher podem usar gel lubrificante. Esta medida melhora – e muito – a relação sexual de pacientes na menopausa ou com atrofia ou estreitamento vaginal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *