Mastalgia

“Só quem é mulher sabe o que é ter dor nas mamas”. Essa é uma frase comum no consultório do mastologista, pois a maior parte das consultas a este especialista é devido à mastalgia. Sempre é importante lembrar que durante a consulta, você tem um motivo que a fez procurar o mastologista, mas o especialista além de procurar tratar de sua queixa imediata irá sempre utilizar deste contato para fazer a prevenção do câncer de mama. A paciente procura o mastologista devido à suspeita que a dor mamária seja uma manifestação de um câncer, mas na maioria dos casos de câncer da mama a dor não é uma queixa comum, na verdade é uma queixa incomum de pacientes que estão com câncer de mama.

A dor mamária pode estar relacionada com várias outras alterações e não diretamente com a mama, e por isso é importante durante a consulta que a paciente saiba qual a frequência da dor, qual seu tempo de duração, se esta tem relação com a menstruação, que medicamentos a paciente está usando, se a dor ocorre durante esforço físico ou em repouso e quais movimentos pioram a intensidade da dor. Algumas dores referidas na mama não têm sua origem na mama, podendo ser decorrente do refluxo gastroesofágico, problemas cardíacos, problemas de coluna, dor na musculatura torácica, até mesmo devido a doenças de pele como Herpes. Na dependência da intensidade da dor mamária, poderemos usar diferentes classes de medicamento ou mesmo apenas tranquilizar. Procure o mastologista para maior esclarecimento, muitas vezes o alívio de saber que você tem um problema que não é devido a algo mais grave será o suficiente para seu caso.

1 comentário em “Mastalgia”

  1. Pingback: Secreção Papilar e Dutectomia – Ressecção de Ductos Mamários – Mastologista Oncoginecologista | Dr. Marcelo Biasi Cavalcanti

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *